Home Notícias

Brasil, a nação do café


Evair de Melo lidera movimento contra a importação do grão

25.10.2021

Brasil, a nação do café

Desde o início do mandado, o deputado Evair de Melo é um grande defensor do setor cafeeiro do Brasil. Entre as bandeiras defendidas pelo parlamentar para o desenvolvimento da cadeira produtiva do grão, o deputado construiu um forte histórico de atuação contra a importação do café. Para o deputado, importar café expõe o parque cafeeiro do Brasil às pragas quarentenárias erradicas ou complementares desconhecidas no território nacional, tornando as plantas vulneráveis e favorecendo a disseminação, o que pode comprometer a produção brasileira. “Estamos firmes, fortes e operantes em defesa da cafeicultura e dos cafeicultores brasileiros”, disse Evair.

O café leva o nome do Brasil para o mundo. “A importação seria uma grave ferramenta de desvalorização do setor nacional, que possui capacidade e qualidade para abastecer o mercado interno com excelência. Somos mundialmente reconhecidos pelo extraordinário trabalho do setor, não há razões que sustentem a ideia de colocar a nossa cadeia produtiva em risco”, completou o deputado.

O parlamentar apresentou dois Projetos de Decreto Legislativo a fim de impedir a importação de café para o Brasil. São eles, o PDC n.º 83/2015 e PDC n.º 383/2016 que se referem a sustar os Atos Normativos do Ministério da Agricultura (Poder Executivo) referentes às medidas fitossanitárias adotadas na defesa dos vegetais, contra pragas que as importações do café vindo do Peru poderiam trazer.

Além disso, Evair apresentou dois Projetos de Lei, sendo nº 1712/2015 para estabelecer a obrigatoriedade de adoção de medidas de restrição às importações, e o nº 6021/2019 que institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Café de Qualidade.

Desde o início do mandado, o deputado Evair de Melo é um grande defensor do setor cafeeiro do Brasil. Entre as bandeiras defendidas pelo parlamentar para o desenvolvimento da cadeira produtiva do grão, o deputado construiu um forte histórico de atuação contra a importação do café. Para o deputado, importar café expõe o parque cafeeiro do Brasil às pragas quarentenárias erradicas ou complementares desconhecidas no território nacional, tornando as plantas vulneráveis e favorecendo a disseminação, o que pode comprometer a produção brasileira. “Estamos firmes, fortes e operantes em defesa da cafeicultura e dos cafeicultores brasileiros”, disse Evair.

O café leva o nome do Brasil para o mundo. “A importação seria uma grave ferramenta de desvalorização do setor nacional, que possui capacidade e qualidade para abastecer o mercado interno com excelência. Somos mundialmente reconhecidos pelo extraordinário trabalho do setor, não há razões que sustentem a ideia de colocar a nossa cadeia produtiva em risco”, completou o deputado.

O parlamentar apresentou dois Projetos de Decreto Legislativo a fim de impedir a importação de café para o Brasil. São eles, o PDC n.º 83/2015 e PDC n.º 383/2016 que se referem a sustar os Atos Normativos do Ministério da Agricultura (Poder Executivo) referentes às medidas fitossanitárias adotadas na defesa dos vegetais, contra pragas que as importações do café vindo do Peru poderiam trazer.

Além disso, Evair apresentou dois Projetos de Lei, sendo nº 1712/2015 para estabelecer a obrigatoriedade de adoção de medidas de restrição às importações, e o nº 6021/2019 que institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Café de Qualidade.

 

Comentários


Mais Notícias

Instagram @jornalimobi

Entre em contato


27 99316-5262
contato@jornalimobiliario.com



Fique informado!


Para ficar por dentro das notícias e novidades, cadastre seu e-mail.



Mídia Kit


Um novo conceito de informação, esse é o foco principal do Jornal Imobiliário e portal jornalimobiliario.com, jornalismo feito de forma diferente, segmentado e de relevância para o leitor.

Abrir o arquivo PDF

Baixe a versão Impressa


Edição - 9

© Jornal Imobiliário. Todos direitos reservados.

-->